A Pizza Suprema

A tarde de hoje  começou cheia de expectativas,mas  terminou  de maneira melancólica e frustrante.O julgamento pelo plenário do Supremo Tribunal Federal de liminar  concedida monocráticamente pelo Ministro Marco Aurélio Melo atraiu as atenções ,não só do meio político,mas também de toda a sociedade brasileira.

O Procurador Geral da República  Rodrigo Janot abriu os trabalhos com uma exposição contundente sobre os últimos acontecimentos  envolvendo o Presidente do Senado Renan Calheiros.Mas infelizmente o Procurador não vota.

Em seguida tomou a palavra o relator  da liminar,ministro Marco Aurelio que ,seguindo a mesma linha do Procurador Geral ,proferiu um voto vigoroso e consistente na direção da aceitação da medida cautelar.Terminado seu voto,não sei se intencionalmente ou não Carmen Lucia decretou um intervalo.No retorno,ao dar a palavra ao decano Celso de Melo,percebi que a coisa já estava armada.Não é este o procedimento usual daquele plenário.Normalmente, e sempre,a declaração dos votos daquele colegiado segue uma sequencia religiosamente observada:os votos são ,pra ficar no linguajar da Corte,prolatados a partir do ministro mais novo na casa e  por fim  chega a vez do decano Celso de Melo;este sim,o ultimo a proferir o voto.Pra refrescar a memória dos leitores ,Celso  de Melo é aquele  ministro  caracterizado por Saulo Ramos em seu livro Código da Vida como ter tendência a   favorecer poderosos,Está  lá no topo da página 92.Pois bem ,ao iniciar seu voto nesta tarde era visível seu nervosismo.O esfregar das mãos .o excesso de confetes jogados no relator,a busca cautelosa e também nervosa das palavras  .Tudo isso já me indicava  qual seria seu voto..A partir daí voltou-se á sequencia habitual.A idéia era apresentar já no inicio da votação uma posição divergente.Exatamente do decano,o mais experiente.Foi a senha para os demais.Tivesse a votação seguido a ordem habitual, corria-se o risco do decano ser voto vencido.Ja se sabia de antemão as posições do Tofoli e do Lewandovsk.Alias,todos nós sabemos.Minha surpresa foram Teori e Fux.

Na realidade o que vimos foram ministros se contorcendo para achar na Constituição    o que nela não existe:argumentos que substanciassem  seus votos.Na visão vesga desses magistrados, o cargo de presidente do Senado é apenas um detalhe. O cara  continua ocupando o cargo de substituto sem sê-lo.Fizeram uma mágica.Tiraram as cuecas sem tirar as calças;excluo dessa imagem as figuras da Ministra Carmen Lúcia e da Rosa Webber em respeito     ao devido processo de  educação   a que fui submetido na infância;sempre respeitei as senhoras.

Mas creio que esses eventos de hoje  serão uma mancha na respeitabilidade e honorabilidade do Supremo Tribunal Federal e na própria gestão da Carmen Lucia.

O STF hoje ,ao contrario do que eles pensam, ficou menor perante a opinião pública

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s