Comentaristas Esportivos

Sempre acompanhei com muito interesse ,curiosidade e até divertimento o papel dos comentaristas esportivos nas varias modalidades de esportes.Mas confesso que me identifico bastante com o volei e o futebol daí meu interesse ser mais voltado para essas duas modalidades esportivas. São mais de 50 anos vendo futebol e mais de 20 anos de assistir ao volei.Me considero um bom entendedor dessas duas modalidades.No futebol, sou do tempo de ouvir os comentarios de Osvaldo Faria, de Jairo Anatolio Lima, de Kafunga,de Sergio Ferrara e tantos outros de expressão nacional. como Jorge Curi,Mario Vianna (com dois enes) e Oduvaldo Cozzi.Mas, hoje , constato , mais com tristeza do que com surpresa, que a qualidade dos comentaristas , principalmente nas ultimas duas décadas, esteja em um nivel tão ruim. Trocando em miúdos dou como exemplo o que ocorreu com a equipe do Cruzeiro.Desde 2017 venho alertando ,aqui nesse espaço e também fora dele, a precariedade flagrante do futebol apresentado pelo time . A cada temporada era visível a deterioração do desempenho mostrado em campo.Registrei aqui, inclusive dando nome aos bois, o declinio técnico e fisico de varios jogadores . Mostrei minha preocupação com os caminhos dificeis que espreitavam os destinos celestes.Em dezembro de 2018 disse que o Cruzeiro , com aquele elenco não teria condições de suportar o Brasileiro do ano seguinte. A serie B era questão de tempo, e, ela chegou.Dito isso volto aos comentaristas .Nunca ouví de qualquer comentarista, de qualquer emissora de radio ou Tv. uma palavra siquer de análise franca e honesta sobre a espiral decadente e melancólica que a equipe celeste experimentava. Jogadores com atuações abaixo da crítica, qualidade infame na troca de passes, finalizações ridiculas e cruzamentos de causar vergonha,tudo isso acontecendo à luz do dia, sem que se ouvisse desses ditos comentaristas , pagos para analisar os fatos, quaisquer menções aos descalabros.Nunca foram e, nunca vão ao cerne da questão; se limitam a ficar na superficie dos acontecimentos.Falta-lhes coragem para expor a realidade ,talvez com medo de ferir suscetibilidades., ou de desagradar àqueles com os quais convivem no dia a dia nos centros de treinamento das equipes.São mais burocratas do futebol do que comentaristas esportivos.O mesmo se pode dizer dos comentaristas de partidas de voleibol.Minha esperança é que, em algum momento alguém enxergue o óbvio.Se prestam mais a fazer elogios a treinadores do que criticá-los pelo desempenho ruim de suas equipes.Veja-se o caso do Praia Clube.A equipe tem , pela 4ª temporada, a mesma Comissão Técnica.Até a data de hoje, a equipe não tem um padrão de jogo sólido e consistente.O jogo , dito e falado como heróico e épico contra o Minas Tenis, pela Copa do Brasil foi realmente um jogo duríssimo.O trágico é que,mesmo jogando mal o Praia vendeu caro a derrota.Tivesse ele uma melhor levantadora( O Praia é a equipe da Superliga que mais passa a bola de graça para a quadra adversária ,pela absoluta incapacidade de sua levantadora em propiciar um levantamento de qualidade) e também um técnico mais qualificado, o desfecho do jogo poderia ter sido outro..Infelizmente sua levantadora joga no limite de sua competencia.Não dá para exigir dela aquilo que ela não tem para oferecer.Ou seja: a margem de erro que se lhe permite é zero!Mas, alguém ouviu algum comentário desses “especialistas” dizendo que, em nenhum momento dos 05 sets, o Praia comandou o jogo e o placar?Sempre correu atrás do prejuízo, e, os dois sets ganhos foram decididos nos finais dos mesmos.Alguém ouviu algum comentario , no jogo do Praia contra o Osasco, na ultima sexta feira do desastre que foi o desempenho da equipe?Alguém comentou que o caos imperou na quadra praiana do primeiro ao ultimo ponto do jogo?Alguem comentou das trombadas entre jogadoras ,( mais de uma vez), delas correrem feito baratas tontas sem saberem o que fazer?E o ineditismo da oposta praiana sair correndo de sua posição na um, atravessar a quadra em diagonal ,chegar até a quatro,daí passar pela cinco ,tudo isso correndo freneticamente até retornar à origem!E olha,não foi a primeira vez que ela fez isso! Alguém comentou que quando vão para o tempo técnico , voltam à quadra sem qualquer tipo de instrução objetiva e clara do que fazer?Alguem por ventura comentou que o técnico é incapaz de enxergar e interpretar para suas atletas o que ocorre dentro da quadra e a partir daí instruí-las para sanar os erros?Alguém comentou que esse técnico espera a sua equipe cometer erros absurdos e ficar atrás 05 pontos antes de pedir tempo?Todos os demais técnicos da Superliga Feminina,sem exceção, especialmente das grandes equipes, param o jogo quando o adversário descola em dois pontos.Esses comentaristas, como os ditos anteriormente, ou não veem ou fingem que não veem os descalabros escancarados que acontecem nas quadras.Essa cegueira, proposital ou não, não contribui ,de forma alguma, para a melhoria do esporte.Pelo contrário,só atrasa o seu aperfeiçoamento.Se, em vez de ficar jogando confete em maus treinadores, desempenhassem com competencia seu oficio ,os apreciadores do esporte agradeceriam

O STF e suas mazelas

Parece que ,finalmente e para alivio geral, o Supremo Tribunal Federal fez valer a letra da Constituição .Mas hoje,ao ler um artigo da Folha de São Paulo algo de muito sério me chamou a atenção.No artigo, assinado por três jornalistas, fica, de forma inquestionável, estabelecido que posições, votos e opiniões de ministros estão, ou são sujeitas a negociações prévias entre os membros.Trocando em miúdos pode-se inferir que a Constituição , tema central das decisões daquela Corte, é uma Carta que pode ,eventualmente ou casuisticamente ser prostituída ,de acordo com os interesses de seus pares.A manifesta insatisfação de ministros favoráveis à sua violação, violação essa feita por contorcionismos escancarados no voto do relator,é uma prova cabal de que alguma coisa deu errado nesse processo.Além disso e tão grave quanto o inconformismo do grupelho violador, é a acusação de traição por parte de alguns ministros de posições préviamente combinadas.Peraí cara pálida! Então suas excelencias, descem do alto de suas onipotencias e se igualam aos míseros mortais para então , de forma canhestra, combinar apoios e votos?Quer dizer ,salvo engano, que o texto constitucional torna-se irrelevante diante das negociações – ou seriam negociatas?- perpetradas no âmbito do Colegiado?Passa a valer aquilo que se acertou antecipadamente dando ao texto a interpretação que melhor atenda aos interesses , quase sempre obscuros, de grupos de poder!.Essa maleabilidade da Côrte Suprema expõe de forma cristalina como funcionam os bastidores das votações em plenário e, quem sabe, também fora dele.Me recordo , quando com a posse do Michel Temer, surgiu a discussão de quem seria seu possivel substituto numa eventual necessidade.Não havia duvida de que o Presidente do Senado era legalmente o substituto.Mas o presidente do Senado era Renan Calheiros, envolvido em demandas judiciais, inclusive com processos correndo no próprio Supremo Tribunal Federal.Como era previsto o caso foi parar exatamente na Alta Côrte.Acompanhei,no dia, todo o processo de votação, quando, a presidente da Cõrte ,Ministra Carmen Lucia, em dado momento, determinou um intervalo.No retorno percebí, surpreso, que algo havia mudado.Normalmente, por tradição , os ministros votam a partir do mais recente empossado até chegar por último ao mais antigo.Mas , deliberadamente houve uma inversão.Carmen Lucia deu voz ao decano Celso de Melo para que este manifestasse seu parecer em primeiro lugar.Seria, no meu entendimento, o voto que pavimentaria o dos demais membros da Côrte.E um decano visivelmente nervoso,esfregando as mãos, gaguejando e tateando cuidadosamente em busca das palavras adequadas proferiu seu voto. Um voto assaz inusitado declarando que Renan poderia continuar como Presidente do Senado Federal, mas não poderia substituir o presidente Temer.Traduzindo: a Constituição vale, mas às vezes não vale integralmente.Um voto surreal.E ,práticamente todo o plenário o acompanhou.Como se pode ver, aquela Côrte é composta por nobres senhores de notável saber jurídico e portadores de ilibada reputação.Pero no mucho!

A traição de Bolsonaro

O Presidente Bolsonaro, ao indicar o substituto de Celso de Melo , dá um tremendo tapa na cara de todos aqueles brasileiros, que até então, nutriam , muito mais que uma expectativa, a esperança de que começavam ali as mudanças tão almejadas por todos aqueles,inclusive eu, naquela corte de nefastos cidadãos.Entretanto estamos percebendo que sua excelencia ,amarela, se acovarda e, mais que isso trai seus eleitores, enfia o rabo entre as pernas e vai pedir as bençãos de figuras como Gilmar e Alcolumbre.A aposentadoria do Celso de Melo de há muito já era sabida por todos. Bolsonaro teve todo o tempo para refletir na escolha do substituto.Mas parece que tudo foi decidido de última hora.Tantas eram as possibilidades que não se compreende como o presidente ignora a tremenda chance , que aliás,não acontece todo dia, e vai buscar num ilustre desconhecido, de atitudes já conhecidas e inteiramente contrárias ao pensamento da maioria de conservadores deste País.Um desembargador nomeado pela Dilma,favorável às lagostas supremas, recebido festivamente pela vermelha OAB,celebrado entusiásticamente por membros daquela patética corte,com comentários dúbios sobre a prisão em segunda instancia e que poderá depois de empossado ter um comportamento alinhado aos abutres que lá estão.Quem garante o contrário?E lá permanecerá por 27 anos !O Presidente comete um terrivel equivoco,(ou seria ingenuidade?) ao pensar que indicando um candidato de agrado daquela Corte estaria atendendo aos anseios dos brasileiros.Quiz acender uma vela a Deus e outra ao diabo.Só atendeu ao segundo.Todos os sinais,todas as reações, são no sentido de indicar que o nome proposto só,e somente só, agrada aos assaltantes da nação.Isso é péssimo e muito sintomático.O que Bolsonaro pretende ao agir dessa forma?Ao se concretizar tal intento o mal estará irremediavelmente feito, sem nenhuma possibilidade de retorno. O Presidente está,inexplicavelmente , de forma covarde e rasteira, agindo para fortalecer o inimigo. Sabe-se lá o que está por detrás dessa ignominia.Estamos profundamente decepcionados e frustrados .O Presidente começa a cair no descrédito e a se igualar ao que há de pior do outro lado.Isso terá um preço enorme no futuro.