Na gangorra

Por que a equipe do Cruzeiro oscila tanto?

Essa não é uma pergunta de difícil resposta.Se se olha atentamente  para o time escalado pelo Paulo Bento   no jogo contra a Chapecoense ,pode-se observar  que,à exceção de Fabio,Henrique e Willian Bigode,os demais jogadores são muito jovens.Tenho observado na Eurocopa a participação de vários jovens em varias equipes.Mas lá, normalmente é um jovem em meio a jogadores altamente experientes em cada equipe.No Cruzeiro a coisa é muito diferente.No jogo de Santa Catarina eram oito  jovens e três experientes.Isso até  o minuto dezesseis do primeiro tempo quando  perdemos o Henrique,entrando outro  jovem e o placar ficou em dois experientes e nove jovens.Desse modo a oscilação é esperada e tem de ser vista como algo natural.Somente a sequencia de jogos   dará a esses jogadores maior maturidade ,regularidade e equilíbrio emocional..Se não jogarem não tem como amadurecerem.Esse preço o Cruzeiro tem que assumir ,entender e administrar.O futuro dirá se valeu a pena.Fica aqui a expectativa da chegada do Sóbis e do Ramon para agregar mais experiência ao grupo.O Paulo Bento é um técnico experiente e me passa a impressão que tem procurado  transmitir ao grupo    a tranqüilidade necessária .Ele vem de uma cultura diferente ,o que é ,a meu ver,bastante positivo.Ele não se envolve com as emoções de clássicos e, felizmente ,até agora,não assimilou as mazelas do nosso futebol.Mas não temos como negar que a equipe tem problemas outros que não a juventude.Definitivamente  o Fabio deixa muito a desejar  na saída de bola com os pés.Não é a praia dele.Essa opção de jogada  deve ser evitada sempre que possível.Uma outra coisa que tem chamado a atenção é a quantidade de gols que a equipe sofre nos últimos dez minutos ,tanto do primeiro tempo,quanto do segundo.E, aqui não falo somente do ultimo jogo.Basta fazer um retrospecto das partidas do Cruzeiro para  se comprovar.Essa desatenção  não é um fato eventual como  querem fazer crer as explicações dos jogadores.;ela tem sido repetitiva  em quantidade suficiente para ser caracterizada como  problema sistemático que precisa ser corrigido.Afinal cada tempo de jogo,não tem somente trinta e cinco minutos.É  obrigatório   que a atenção dos jogadores   seja   permanente e o tempo todo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s