O jogo sujo do poder

Analisemos um pouco mais detalhadamente esse episódio   da, agora abortada,nomeação do advogado Mariz para o Ministerio da Justiça.Comecemos por   verificar  o grau de relacionamento entre o Vice Presidente  e o  mencionado advogado.Conforme divulgado na mídia,ambos são amigos de longa data.Pode-se então inferir,sem qualquer margem de erro,  que cada um conhece muito bem as posições  e convicções jurídicas e políticas do outro.Fica então muito claro que Michel Temer  tinha pleno conhecimento das posições  antagônicas do Mariz em relação  à Lava Jato ,à delação premiada e às prisões preventivas.E mesmo assim o convite para assumir o Ministério da Justiça foi feito.Ou o Vice Presidente é um sonso ou um alienado,ou tinha  perfeita consciência do que pretendia e o que esperava do futuro ministro.Entretanto,para felicidade geral da nação o  candidato  não se conteve e  falou demais, jogando por terra  toda a estratégia do Vice de  controlar a Policia Federal na tentativa de minimizar ou até  conter   os avanços das investigações da Lava Jato.Embora  a Justiça Federal do Sergio Moro não possa ser alcançada  pelo Ministro da Justiça, o mesmo não se pode dizer da Policia Federal, subordinada ao Ministério.E a Operação Lava Jato,sem a Policia Federal, ficaria  completamente paralizada.

Assim,não restou ao Vice Presidente, certamente muito contrariado, outra alternativa senão o desconvite.Tenho pra mim que Temer,em particular,  deve ter reclamado muito do amigo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s