A Suprema Enganação

O  Supremo Tribunal Federal  ,desde muito tempo,tem se tornado a grande piada nacional.Deixou de ser ,para a opinião pública  aquela Côrte que simbolizava o último refúgio da Justiça.Transformou-se  por culpa e obra de si mesma num reduto de desacreditados  e desmoralizados.A sua implosão moral e funcional   não tem paralelo na história republicana brasileira..A partir de FHC e atingindo o auge da mediocridade durante os governos petistas , através de indicações  sem qualquer respeito à competência,honorabilidade e saber jurídico adequados, essa Côrte vem ,a cada dia, se revelando um desastre.Não é mais uma instituição  apta a indicar os rumos   e condutas  a qualquer cidadão    de bem deste País,como seria de esperar  de nosso órgão máximo da Justiça.Alí, naquilo que se transformou   numa panacéia de   desacertos, sobram   manifestações de superegos  e  exacerbações de vaidades  e  faltam   virtudes  de qualquer natureza,inclusive de competência.Agora se acham no direito de também legislar.De forma surreal  estão prestes a determinar  a criminalização da homofobia por tabela .Estão  tomando emprestado a lei sobre racismo ,para,de forma provisória  ,  criminalizar a homofobia.Aquilo que o Congresso,de direito ainda não tipificou como crime através de lei devidamente aprovada em plenário, é atropelado pelo STF ,assim usurpando a prerrogativa do legislador natural, e avançando em  área fora de suas atribuições legais. E com direito a atitudes imaturas e pueris do relator  ao introduzir de forma canhestra  , inoportuna  e até forçada,  roupinhas azuis e cor de rosa. na sua fala. Quanta insensatez! É  curiosa essa pressa repentina  numa casa que prima pela inapetência  em julgar  outros crimes, principalmente de figuras notórias  da República .Ou de julgar com rapidez  e incrível presteza  recursos   de presidiários já devidamente e comprovadamente  declarados culpados.Avançam também em decisões   esdrúxulas  protegendo instituições cartoriais  e penalizando o cidadão comum.Refiro-me  à decisão  já em andamento no plenário do STF  que  transfere ao erário  a responsabilidade de indenizar o cidadão   por eventuais erros dos cartórios do país, retirando essa obrigação   dos próprios cartórios. Mas como o dinheiro do erário vem dos cidadãos contribuintes ,na prática, por vias indiretas, suas excelências supremas    determinam que o cidadão  seja indenizado pelo próprio dinheiro enquanto os autores dos erros   permanecem    gloriosamente isentados  e agraciados com  essa decisão indecente e vergonhosa.E para finalizar de forma apoteótica  esse quadro  de  surrealismo que ora vivemos  registro aqui a cena inusitada de um ministro  supremo   , num ato mais parecido com novela mexicana, de embalos chorosos  com um presidiário e,  lógica e convenientemente tendo como pano de fundo uma tragédia    terrível e dolorosa da perda de uma criança que abala todo e qualquer ser humano .Considero a morte de uma criança de uma injustiça descomunal e desproposital.Não é justo ,não é natural, que elas fiquem pelo caminho de forma tão prematura.Mas o lance do choro  me pareceu   muito conveniente , com objetivo determinado ,ainda mais se   levarmos em conta a declaração do presidente do Instituto Lula  “lamentando a ausência de alguns petistas    na festa.” .Foi o único choro em público  do presidiário devidamente registrado e divulgado.Espero que essas lágrimas não respinguem no plenário do Supremo  no dia do julgamento da prisão em segunda instancia.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s