A Nau dos Insensatos

A  última sessão do plenario do Supremo  Tribunal Federal deverá entrar  para o s próprios anais daquela Corte e para o   inescapável registro de nossa historia republicana com o maior palhaçada  entre as muitas já protagonizadas  em plena luz do dia por esses coveiros   dos destinos da Nação.Na opinião da maioria dos brasileiros aquilo alí se transformou num antro de canalhice,hipocrisia  e bandidagem.Alí  naquela Torre de Babel ,o certo e o errado são relativos e variam de acordo com as conveniencias e interesses   daqueles  que se julgam os senhores  da verdade e da justiça,quando, na verdade , não passam  de individuos   de quinta categoria, indignos de representarem  o povo brasileiro.Esses abutres ,em suas togas sombrias  e patéticas   são a imagem da decrepitude   e da falencia  daquela Casa.Uma Corte cada vez mais desacreditada e desmoralizada perante a parcela trabalhadora e honesta deste País.Disso tudo que estamos a ver ,estarrecidos e indignados,surge como verdade cristalina  algo de positivo e confortador:começamos a perceber  que somos infinitamente melhores  que aqueles  que se julgam seres supremos.Começamos a perceber onde estão os ratos   que ,sem nenhum rubor  ou  vergonha, corroem as entranhas da Nação, Estamos  conscientes que, daquele porão , só podemos esperar traição ,perfídias  e desapreços pelos valores  éticos e morais  de uma nação inteira. Aquela instituição se transformou em abrigo e refugio de  corruptos.Não há como distinguir julgadores daqueles que deveriam estar sendo julgados.A História certamente há de reservar para esses   senhores um lugar de destaque  na vala comum da mediocridade    junto a outros canalhas que aí estão ainda em liberdade.Que a História seja implacável  no julgamento  desses    pseudo cidadãos  que insistem em negar ao povo brasileiro o direito a uma Nação     onde os corruptos  não tenham vez e nem voz. Na tarde de ontem aquela Corte de forma covarde e   humilhante  rebaixou-se  ao nivel minimo de dignidade e autoridade  ao submeter-se aos interesses de  um cidadão condenado por  crimes de corrupção e lavagem de dinheiro  em duas instancias da Justiça.Não é atoa  que o  ex Ministro Saulo Ramos em seu livro Código da Vida   acusa  o atual   ministro decano de tender a proteger os poderosos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s